6 de junho de 2011

Só o inglês, salva!

Eu não trouxe praticamente nada em português para ler aqui em Berlim. Eu, com a ideia de que eu tinha que abandonar de vez todas as raízes com a língua portuguesa para me dedicar totalmente ao alemão, acabei me privando de um vício: o livro. Me sinto burra, mas não só porque eu fico tentando compreender o que o professor está querendo dizer ou o que as pessoas nas ruas ficam conversando, mas porque eu ando escrevendo muito mal. Eu adoro escrever e Berlim tem tanta coisa para se falar sobre que chega ser pecado eu estar tão oca por dentro. Tenho um diário lindo que comprei, uma agenda mas nada está bom. Ando escrevendo tão superficialmente como se eu não tivesse ainda naquilo, sei lá, reconheço que flutuação é comigo mesmo, mas mesmo flutuando eu escrevo. Vocês bem sabem que eu não sou nenhum Neruda, Pessoa, Gabo, Saramago... mas ainda assim gosto de escrever e gosto de achar que está bom.

Talvez seja por que eu ainda estou na epifania e estou nessa letárgica catarse. Hehe. Mas já tô saindo dela, juro!

Alguém me recomenda algum livro? O inglês salva!


2 comentários:

  1. "falar sobre"? vc inglesou a lingua portuguesa, marea hehe. mas o pequeno principe eh sempre uma otima dica, mesmo quando a gente ja leu trocentas vezes.

    ResponderExcluir

e o que você tem a dizer????