14 de setembro de 2008

Me passa o sal?


Ver, ouvir, calor/frio/, fome e cheiro. Só disso que eu tenho certeza de que sinto de uns dias 'pra cá, fora o medo, mas não quero mais dar atenção a ele não, cansa demais.

Evitando filme pesado e de amor, porque filmes de amor são os mais pesados, eu acho. E eu tô insensível, amor não me pega mais. E nem é corno, desilusão, é discrença mesmo, pura discrença, cansaço, amor deve ser invenção do mercado, invenção pra dominar os fracos, e esses papos todos dessas pessoas que estão doidas pra amar e não conseguem, mas no meu caso nem é pelos outros, é por mim mesmo, sei lá, deve ser fase. Mas é aqueeeele tipo de amor, porque do resto, deve ter e acho que sinto por alguns afetos. Mas enfim, amor é um papo chato pra caralho, principalmente se você não tá vivendo um. Então xá pra lá.

Como diz o patofu a "vida dá trabalho", mas eu não sabia que era tanto. Ter que agarrar touro a unha, nunca foi tão fácil de entender pra mim.

E eu não sei esperar, nunca aprendi. Esperar pra mim é tortura e a esperança é uma puta, isso sim, que se deita com quase todo mundo e que você não sabe se pega ou não.

As músicas estão mais pras melodias do que pras letras.

Os chocolates estão mais pela serotonina do que pelo gosto.

E o sol tá mais pelo calor do que pela luz.


Ô tendência maldita de analisar a porra do mundo,

quero ser robô, entrar na roda gigante do mundo e não enjoar de rodar.



3 comentários:

  1. Viver eh mesmo muito complicado (suspiro)
    Ou como diria Márcia Kupstas, viver é perigoso (nwem falo sdo litweral da coisa,hehehe...

    O bom da vida eh que tuuudo eh passageiro, inclusive o cobrador e o motorista (e, ateh minha filosofia de boteco)

    (em compwensação, vamos brincar de Poliana, vc escreve cada vez melhor!)
    :********

    ResponderExcluir
  2. I don't know why it is you scare me
    I don't know why I feel afraid
    When you're around I feel uncertain
    And lose sight of the plans I made

    You've got the nerve to be demanding
    When you have nothing to begin
    And though you say your door is never
    open to the world
    I envy those who you let in

    Little girl lost
    Little girl lost
    Little girl lost
    Lost little girl

    The boys in town could do without you
    Your mother's not sure who you are
    And in the darkness I will hold you
    to your word
    The only sound a passing car

    Little girl lost
    Little girl lost
    Little girl lost
    Lost little girl

    Little girl lost
    Little girl lost
    Little girl lost
    Lost little girl

    Little girl

    When you run for shelter
    Yu don't feel the pain
    You don't agree with all the good things
    As they are around you

    I believe today may be
    The first time I've
    Regarded you
    with more and more
    Passing admiration.

    Little girl lost
    Little girl lost
    Little girl lost
    Lost little girl

    ResponderExcluir
  3. É tudo simples, a gente que complica ;)

    ResponderExcluir

e o que você tem a dizer????