10 de junho de 2007

ZzzZZZzzzZZZZzzz

Bem, seguindo a dica da Camila, vou falar de filmes, não que eu seja uma especialista, mas quase ninguém lê isso mesmo e aaa enfim, ontem fui pruma festa e tô meio "ressaquiada", cês entenderam.


Vou fazer meu temporário topfilmes, filmes aqueles que toooodo mundo tem que assistir seja pra impressionar pessoas numa conversa de bar, seja pra chorar, seja pra rir, seja pra assistir com aquele/a carinha que você quer dá uns pegas e tals, vamo lá:



1. Little miss sunshine: perfeito, o último filme que assisti e chorei litros, amo/adoro, e o final é perfeito. Fala da história de uma família, família de losers, onde o tio gay é um escritor que não é reconhecido por conhecer muito bem um cara que nunca ninguém ouviu falar, um menino que não fala por querer ser um piloto e fanático por Nietzsche [ tem uma amiga minha que disse que esse menino é lindo, eu não achei, mas se você quiser pode servir de pretexto pra assistir], uma mãe, ai não lembro a losercidade da mãe, o pai que tenta verba prum plano de metas que deixa qualquer um vencedor e por aí vai, final maravilhoso, vale a pena. <- filme pra rir, pode ser pra tirar onda em mesa de bar, mas até a patricinha da minha sala assistiu esse filme. =D





2. Jules e Jim: lindo, não chorei litros, mas deveria ter chorado, pérola de Truffaut, amo/adoro também. Quem assistiu Cidade baixa, Dona flor e seus dois maridos, e qualquer novela da globo, vai saber que algum desses autores [ com certeza o de cidade baixa] inspirou-se nesse filme. Uma mulher que pega dois carinhas, resumindo é isso. Mas tem várias cenas lindas de amor. <- Não é um bom filme pra assistir com quem você quer dá só uns pegas, é romântico demais. Serve pra tirar onda em mesa de bar, afinal é Truffaut, 1962, se não me engano, filme da nouvelle vague, vale a pena também. =)



3. Balzac e a costureirinha chinesa: Ai gente, uma coisa esse filme. A costureirinha bastante vanguarda em plena época da revolução cultural na China. É indicado pra quem não conhece a China, pra ver como era a China, se tudo fosse China, ling ling China. Dois amigos, filhos de intelectuais vão ser aculturados num vilarejo, conhecem a piriguete [ tirem o sentido machista dessa palavra] e ai acontece um bocado de coisa, não vou contar porque eu sou gente boa. <- Indicado pra tirar onda em mesa de bar, por ser um filme em mandarim, e acho que ganhou algum prêmio em Cannes. Vale também pra assistir com quem vc quer dá uns pegas, ou não. =D





Enfim tá bom aí


beigosemeS2

Um comentário:

  1. Laizão! Eu gostei das resenhas maaaaaaass
    tem q agitar isso aqui, posta MAIS!
    bjão
    Luana (ADM)

    ResponderExcluir

e o que você tem a dizer????