21 de junho de 2008

Nasceu! É um menino!



É lindo isso né? Essas cenas de filme ou novela que aparece uma enfermeira, parteira, médico, taxista, sei lá e fala " Nasceu! É um menino (a)".

Muito fácil, prático e rápido. Primeiro se transa, depois se engravida "e depois de nove meses você vê o resultado". Uma dádiva da natureza, não é mesmo minha gente?

Quero ver é você gritar por ae aos quatro cantos: Nasceu, é uma mulher! ou ainda, Nasceu é um homem forte e garboso, bem entendido sobre as coisas do mundo um ser bem resolvido, que entende das artes do amor, da cama, da culinária e da física quântica. [ok, ok, física quântica já é demais, mas enfim, vocês entenderam].

Tem gente que já nasce parido mesmo, de fato, só nasce aquela vez lá do aniversário mesmo e acabou, pronto, esse tipo de gente é raro, muuuuuuito raro. Já tem gente que nasce no mínimo umas 3 vezes no mês, esses ai chamo de mazô, porque se parir dá muito trabalho, e dói, affemaria. Não sei quantas vezes eu nasci não, mas lembro da última vez, nossa, foi sangue pra tudo que foi lado e nem quis ver o cordão umbilical.

A coisa fofa disso tudo é que não tem idade para se parir. Normalmente ou a adolescência é um grande parto, ou mini partos, sei lá, na idade adulta existe uma acomodação. Você se pariu, acredita-se, agora pega essa cria sua que é você mesmo e educa. E diz que educa e cria aquilo ali e tudo mais, mas quando vai se envelhecendo tem que se parir de novo, e haja pré-natal.

Me lembrou aquele livro do Gabo " Memórias de minhas putas tristes", pois é, o velho estava se parindo aos 90, gente!

Falando com minha mãe sobre isso ela disse que se pariu aos 20, aos 26 quando me teve e desde os 40 ela anda se parindo de novo.

É, 'cês devem estar pensando, mas que porra é essa que essa menina quer dizer? Na verdade nem eu sei direito. A gestação para cada um é algo peculiar e seu, "idiossincrático" hehe. Mas uma situação extremamente natural e que deveria ser entendido como tal. Haveria menos suicídios se fosse entendido assim.

Enfim, tô esperando meu próximo "acasalamento" comigo mesma para me auto-engravidar de novo e parir novamente. Espero que demore. Vou ver se tem algum anticoncepcional de pensamento.
_______________________________________

6 comentários:

  1. Seu melhor texto, na minha humilde opiniao!

    (rapaz...)

    beijo, sua parideira!

    ResponderExcluir
  2. Seu melhor texto, na minha humilde opiniao!

    (rapaz...)

    beijo, sua parideira!

    ResponderExcluir
  3. eeei, eu n comentei n? tb acho q ta muito massa. vc se expresou mto bem, e melhor ainda, do seu jeito.

    ResponderExcluir
  4. Eu também, Laiza. Tive que me reparir várias vezes. Inclusive no Blog, como você pôde ver. :D Bom te ver de novo.

    ResponderExcluir
  5. mas, escute.

    A incidência de pessoas que morrem a todo tempo é muito maior. Ainda mais num mundo como esse.

    Já viu quanto pensamento interrompido por aí? a coisa ébrutal, aborto de pinça

    ResponderExcluir
  6. conheço umas pessoas que morrem e remorrem que não é brincadeira.

    Pior, a gente não se dá conta de que morre e remorre. Eu mesmo já morri, mas só atentei para isso quando nasci.

    ResponderExcluir

e o que você tem a dizer????